caixa de um estabelecimento atendendo telefone
Franquias 17/04/2024

Padronização de franquias: 6 maneiras de garantir a da sua rede

Compartilhar Array

A padronização de franquias é um conjunto de regras, diretrizes e orientações que ajudam a garantir a uniformidade das unidades de uma rede franqueada. Esse processo inclui a parte visual das lojas, mas também os produtos, serviços, atendimento e outros fatores que caracterizam negócios desse tipo.

Inclusive, quando pensamos em uma franquia, a primeira imagem que surge na nossa mente são de pontos de vendas iguais, não é mesmo? Independentemente da cidade ou estado onde estamos, se encontrarmos a loja de uma marca franqueada, ela será idêntica a de outros lugares do país — às vezes, até do mundo.

Não dá para negar que essa é uma das principais e mais marcantes características de negócios do formato. Por esse motivo, é fundamental mantê-la. Entretanto, a dúvida que muitos franqueadores têm é: como fazer isso?

Para garantir a padronização de franquias, existem algumas boas práticas que não podem ficar de fora. Elas incluem: definição clara de processos, treinamento adequado, suporte eficiente e mais.

Conheça, agora, as sete principais formas de padronizar as franquias e implemente na sua rede!

Qual a importância da padronização de franquias?

Padronizar as unidades da franquia é uma maneira de construir uma identidade visual forte, que será facilmente reconhecida pelos clientes em qualquer lugar. Basicamente, é como se o layout e as cores da loja falassem por si e representassem a qualidade que aquela marca oferece. 

Porém, é fundamental você ter em mente que essa padronização não se limita à parte estética da loja. Para realmente chegar à uniformização ideal, tudo deve ser igual, em cada unidade da rede.

Isso quer dizer que produtos, serviços, formas de atendimento, publicidade, treinamento dos funcionários e até mesmo os meios de pagamento aceitos precisam ser os mesmos em todos os pontos de venda.

Somente assim é possível:

  • garantir o mesmo padrão de atendimento;
  • manter o nível de satisfação dos clientes;
  • reforçar o posicionamento da marca no mercado.

Dica de leitura: “Formas de pagamento: quais não podem faltar na sua loja?

Como fazer a padronização de franquias? 6 boas práticas!

Para padronizar as unidades da sua rede, as melhores estratégias que você pode adotar são:

  1. mapeie todos os processos;
  2. escreva um manual para franqueados;
  3. treine adequadamente os donos das unidades e seus times;
  4. trabalhe com os mesmos fornecedores e tecnologias;
  5. realize vistorias frequentes;
  6. garanta um bom suporte.

Confira, abaixo, detalhes de cada uma.

1. Mapeie todos os processos

Imagine um restaurante que faz parte de uma grande rede de franquias. Em qualquer unidade, os pratos precisam ser os mesmos, o que inclui os ingredientes, a forma que são colocados nos pratos e a quantidade, entre outros pontos.

Nesse exemplo, o mapeamento de processos seria entregar o “passo a passo” para os franqueados de como aquela refeição deve ser preparada e apresentada. 

A elaboração desse mapa deve ser ajustada conforme o que é vendido. Por isso, ele pode ter, além das etapas da produção, questões como forma correta de embalar, enviar para os clientes e várias outras.

2. Escreva um manual para franqueados

O mapeamento de processos pode ou não estar inserido no manual para franqueados, que é um documento com todas as instruções de como a franquia deve funcionar

Nele, o franqueador deve descrever pontos como:

  • conceito da franquia: sua história, missão, visão e valores;
  • estrutura de operação: processos, procedimentos, abordagem corretas de vendas e afins;
  • produtos e/ou serviços: descrição detalhada de tudo o que é comercializado pela marca, vantagens e formas de uso;
  • estratégias de crescimento: a exemplo de como o marketing da marca é feito, o que pode e o que não pode ser divulgado;
  • ferramentas de gestão usadas: como sistema de controle financeiro, de emissão de notas e outros.

O manual para franqueados é uma importante ferramenta para garantir a padronização de franquias

3. Treine adequadamente os donos das unidades e seus times

O treinamento é essencial para garantir a padronização de franquias. Por mais que exista um manual a ser seguido, capacitar os franqueados e seus funcionários é diferente de apenas dar um documento para eles lerem.

Esses encontros, que podem ser presenciais ou virtuais, são momentos ideais para esclarecer dúvidas e alinhar todos os pontos necessários para as unidades funcionarem iguais.

4. Trabalhe com os mesmos fornecedores e tecnologias

Quando os fornecedores são os mesmos para toda a rede, as chances de algo nos produtos ou serviços ser diferente reduz bastante. O ideal é que todas as unidades sejam abastecidas pelos mesmos parceiros de negócio.

Esse princípio também vale para as tecnologias usadas. Ao compartilhar os mesmos sistemas, a comunicação entre franqueados e franqueadores se torna muito mais simples, rápida e dinâmica, assim como o envio de documentos e relatórios.

Entenda mais sobre esse assunto lendo o artigo: “Software de gestão para varejo: quais as principais soluções da F360?

5. Realize vistorias frequentes

Fazer vistorias e auditorias nas unidades franqueadas é uma ótima estratégia para confirmar se todas estão trabalhando da mesma maneira. Isso pode ser feito pelo próprio time do franqueador ou por meio de uma empresa especializada.

Outra abordagem interessante é a do cliente oculto. É uma pessoa contratada especialmente para essa tarefa, que realiza uma compra na unidade com o objetivo de avaliar o atendimento recebido.

O cliente oculto também verifica a parte visual da loja, a qualidade dos produtos/serviços e os demais pontos que caracterizam a padronização.

6. Garanta um bom suporte

O relacionamento entre franquias e franqueados deve ser transparente, sincero, respeitoso, empático e aberto. 

Somado a isso, manter bons canais de conversação é vital para os donos das unidades esclarecerem dúvidas sempre que necessário. Também é essencial para passar a todos mudanças que afetam a padronização das lojas.

5 vantagens da padronização de franquias  

Logo no início deste artigo, dissemos que padronizar as franquias é uma maneira de construir uma imagem muito mais forte, lembra-se? Porém, além dessa, existem várias outras vantagens desse processo. E algumas das que mais se destacam são:

  1. evitar divergências e atritos com os franqueados sobre o que deve ser seguido e feito;
  2. garantir o mesmo padrão de qualidade, independentemente de qual loja o cliente for;
  3. montar um grupo de produtos/serviços reconhecido por consumidores de diferentes regiões;
  4. elevar o poder de atração e fidelização da marca;
  5. contribuir com o aumento do faturamento da rede, decorrente do bom desempenho de cada unidade.

Essa última vantagem da padronização, inclusive, pode abrir caminho para o crescimento da marca.
Sobre isso, leia agora mesmo o artigo: “Expansão de franquias: as 6 melhores dicas de como realizar!

Compartilhar Array
Avatar photo
Escrito por:

Debora Vasconcellos