Franquia de mercado
Franquias 19/12/2023

Franquia unitária ou master franquia? Como escolher o melhor modelo?

Compartilhar

Se 2022 foi bom para o mercado de franchising no Brasil, 2023 está ainda melhor! Por isso, se você deseja fazer parte do setor, é hora de entender se investe em uma franquia unitária ou master franquia. A partir daí, basta colocar o plano em ação e aproveitar as boas projeções.

Quer alguns números para se inspirar? Apenas no primeiro trimestre de 2023, segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), houve um aumento de 17,2% no faturamento em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a R$50,854 bilhões.

O crescimento resultou em projeções animadoras para o setor: ainda de acordo com a ABF, a estimativa é de aumento de 9,5% a 12% no faturamento anual, de 10% nas operações realizadas, de 4% na abertura de novas redes e de 10% na geração de empregos diretos.

Seguindo o contexto de vantagens de abrir uma franquia, é válido ressaltar que o modelo oferece menos risco para você, empreendedor, que não precisa começar do zero. Porém, existem vários pontos a serem estudados para encontrar o negócio que melhor se adapte às suas expectativas e ao seu perfil.

Pensando nisso, neste artigo, separamos tudo o que você precisa saber sobre o assunto: o que é franquia unitária, o que é master franquia, principais tipos de franchising e como escolher o melhor negócio.

Acompanhe!

O que é uma franquia unitária?

A franquia unitária é aquela em que você pode abrir uma unidade da marca com exclusividade de atuação na região. A marca franqueadora determina a localidade do negócio, como em uma loja de rua ou de shopping center, por exemplo. Em alguns casos, é possível adquirir mais de um estabelecimento.

Porém, para tal, é preciso que a franqueadora permita a expansão, realizando uma análise do seu desempenho e da sua capacidade financeira para averiguar a viabilidade da aquisição.

O que é master franquia?

A master franquia é um modelo usado pelas franqueadoras em países de grandes dimensões demográficas, como o Brasil, e em planos de internacionalização. O franqueado, chamado neste caso de master franqueado, assina um documento que lhe concede o direito de implantar ou terceirizar outras unidades em certas regiões.

A partir de então, ele recebe parte do valor da taxa de franquia e dos royalties cobrados dos outros franqueados.

Normalmente, este empreendedor tem uma especialização maior em franquias, já que tem o conhecimento pertinente para implementar, operacionalizar e comercializar os produtos ou serviços vendidos.

O master franqueado é uma autoridade que oferece suporte na região e atua tanto para buscar novos franqueados quanto na capacitação e no apoio aos empreendedores.

Para ser um master franqueado, é necessário investir quantias maiores e pagar para a franqueadora uma taxa de master franquia. Em contrapartida, o franqueado recebe uma participação no faturamento gerado no território que gerencia, elevando seus ganhos.

Requisitos da Master Franquia

O modelo de negócios da master franquia é mais usado em regiões onde a franqueadora decide aumentar sua atuação no mercado.

Uma empresa franqueadora localizada em Porto Alegre pode precisar de um master franqueado com conhecimento da região norte do Brasil para desenvolver uma franquia no local, por exemplo.

No entanto, antes de tomar a decisão, é preciso verificar algumas questões em relação ao master franqueado, como experiência no mercado e no setor de atuação da rede, conhecimento da região etc.

Saiba mais: Como deve ser o relacionamento entre franquias e franqueados?

Os principais tipos de franquia

Existem diversos tipos de franchising à sua escolha, além da franquia unitária e da master franquia. Para facilitar, trouxemos, a seguir, os principais, afinal, cada modelo difere entre:

  • responsabilidades assumidas;
  • locais que pretende atuar;
  • tipo de contrato;
  • entre outros.

Para optar pelo melhor tipo de franquia para você, conheça as outras alternativas do mercado.

Franquia de Desenvolvimento de Área (DA)

O modelo concede o direito de explorar uma região, na qual o franqueado poderá abrir mais de uma unidade durante um determinado período, sob cláusulas estipuladas em contrato.

Caso o franqueado deseje vender uma ou mais unidades na região, recebe uma porcentagem do valor da taxa de franchising e royalties, conforme acordo feito com o franqueador.

Store in store

Também conhecida como business in ou shop in shop, o modelo de franquia possibilita a instalação de uma unidade dentro de um estabelecimento, oferecendo produtos complementares aos que já são comercializados no local.

Um exemplo prático do modelo pode ser visto em lojas que vendem diversas marcas e produtos, como aquelas localizadas em hotéis e pontos turísticos.

Franquia de conversão

A franquia de conversão é o modelo que, literalmente, converte um negócio já em funcionamento em uma unidade da franquia, com foco em aumentar sua competitividade na região. De forma prática, significa que a loja será adaptada para a nova marca, seguindo todos os padrões exigidos.

Esse tipo de franquia é bastante comum em negócios que atuam no varejo, como lojas, supermercados, bares, restaurantes, farmácias etc.

Franquia combinada

O modelo combinado acontece quando há a integração de franquias diferentes dentro do mesmo espaço comercial, que pertence a um só franqueado. 

Neste caso, os produtos ou serviços devem ser complementares e, claro, as franqueadoras não podem ter nenhuma restrição para o modelo de atuação em parceria.

Um exemplo são espaços que oferecem serviços de lavanderia e costura.

Leia também: Gestão de franquias: saiba como manter a organização

O que analisar para decidir entre franquia unitária ou master franquia?

Para decidir entre franquia unitária ou master franquia, é necessário:

  • estudar bastante sobre o assunto;
  • pesquisar sobre a marca;
  • conhecer o sistema de franchising e o mercado da sua região;
  • analisar o seu perfil de empreendedor.
  • verificar as vantagens e desvantagens dos contratos;
  • avaliar seu orçamento.

Entenda melhor a seguir.

Pesquise o sistema de franquias

É recomendado fazer uma pesquisa com um franqueado que já atua na região ou que já é empresário há algum tempo. 

Dessa maneira, você terá condições de saber como o negócio e o sistema de franchising funcionam e quais são os desafios para o seu gerenciamento.

Você também deve estudar o setor para saber ao certo como opera, entendendo que as redes de franquias têm características próprias. 

Uma delas é o tempo de contrato: todas as licenças para franqueamento têm prazos pré-definidos — que podem ou não ser renovados. Sendo assim, preste atenção se o prazo do contrato é maior do que o período necessário para você obter o retorno sobre o investimento.

Faça uma análise do seu seu perfil

Depois de fazer a pesquisa no sistema e entender que os franqueados têm obrigações a cumprir, é importante fazer uma reflexão para conhecer melhor o seu perfil. A partir daí, será possível escolher o negócio que mais se encaixa com a sua personalidade.

Ser franqueado exige as mesmas responsabilidades de um empreendedor iniciante. Às vezes, até mais, pelo fato de precisar cumprir algumas expectativas já impostas pela franqueadora.

Como franqueado, é esperado que você seja um bom gestor de pessoas, que gerencie bem os riscos, aceite e supere os desafios e esteja disposto a se dedicar de forma intensa à atividade.

Assim, é importante observar bem se você tem o perfil antes de escolher ingressar no segmento.

Analise a disponibilidade financeira

Você precisa analisar a sua capacidade de investimento para decidir em qual modelo de franquia investir.

Para tal, calcule seu investimento e estime qual será o tempo de retorno, lembrando que você pode demorar para reaver o aporte inicial. Prudência aqui é fundamental!

O setor de franquias está em crescimento no país e fazer a opção entre franquia unitária ou franquia master pode não ser tarefa fácil. Contudo, se você fizer uma boa pesquisa e verificar com cuidado os dados, fazer a escolha certa será mais tranquilo e seguro.

Como escolher o tipo de franquia?

Conheça critérios que devem ser analisados e dicas de como escolher o tipo de franquia!

1-Escolha o segmento de atuação

Ao decidir por um modelo de franquia, é preciso identificar em qual empresa você terá vontade de trabalhar diariamente.

Essa identificação é muito importante, pois, inevitavelmente, você terá de estar presente na loja, lidar com produtos, burocracias e gestão de clientes.

2-Avalie os 4 pilares da gestão

Depois que você identificar as suas preferências por segmentos de negócio e marcas, é hora de avaliar os quatro pilares da gestão de franquias: financeiro, marketing, pessoas e produtos.

Como você será o responsável pela gestão dos quatro pilares, entender a fundo o modelo é crucial para o sucesso do negócio, afinal, esse é o seu empreendimento!

3-Entenda sua expectativa financeira

Durante o processo de seleção dos tipos de franquias e da marca, lembre-se de analisar o que você espera do negócio — no sentido financeiro mesmo. Busque respostas a perguntas como as que listamos abaixo.

  • Qual é a estimativa de ganho mensal e anual?
  • Quando será o retorno sobre o investimento?
  • Vale a pena investir tempo, dinheiro e dedicação para obter a rentabilidade estimada?
  • Esse valor está dentro ou fora das suas necessidades e expectativas?

Tais questões são fundamentais para determinar a energia que você estará disposto a investir na empresa, sobretudo, considerando sua relação com o lucro esperado. Afinal, o trabalho tem que valer a pena, não é mesmo? 

4-Faça a sua escolha!

Seguindo os critérios acima, a escolha entre franquia unitária ou master ficará mais fácil. O importante é que você se identifique com o modelo de negócio e se interesse pela marca.

Quanto mais você pensar no todo do negócio de franquia, mais sucesso terá. O resultado virá proporcionalmente à energia que você investir no seu negócio como franqueado.

Se você gostou do artigo sobre a diferença entre franquia unitária ou master franquia, saiba que pode aprofundar seus conhecimentos e suas habilidades de gestão de franchising com cursos completos!

O F360 Educa é um programa de educação com cursos on-line e treinamentos presenciais, que oferecem metodologias e atividades imersivas abordando temas que você realmente vai aplicar no dia a dia de um negócio.

Nossa multiplataforma reúne 15 cursos para diversos públicos, tutores especialistas e consultoria de negócios. E mais: algumas opções são gratuitas para você potencializar sua gestão sem gastar muito. 

Conheça os cursos e os planos disponíveis e torne-se um gestor de alta performance!

Compartilhar
Avatar photo
Escrito por:

Carolina Ferrari

Gerente de marketing da F360

Você também pode se interessar por