Dia do cliente
Empreendedorismo 13/09/2023

Dia do Cliente no varejo: como se destacar e atrair o público?

Compartilhar Array

O Dia do Cliente é uma das datas comemorativas mais esperadas no varejo — e não é à toa. De acordo com o relatório da All iN | Social Miner, em 2022, o evento rendeu um faturamento de aproximadamente R$5,8 bilhões para o e-commerce brasileiro!

O ticket médio também se manteve acima dos resultados anteriores, chegando a mais de R$400 antes e durante a data. Números como esses mostram que o marketing sazonal da sua loja precisa incluir o mês de setembro em seu planejamento, concorda?

Sua dúvida é sobre como colocar a estratégia em prática? Não se preocupe. Ao longo deste artigo, explicaremos diversas ações possíveis para você, varejista, se destacar em meio à acirrada concorrência e atrair novos consumidores.  

Também daremos algumas dicas de ouro para investir em campanhas de recompra e agradecimento aos clientes mais fiéis.

Vamos lá? Continue a leitura e descubra quando é o Dia do Cliente, por que a data foi criada e quais ações surpreendem os consumidores!

Quando é o Dia do Cliente?

O Dia do Cliente é comemorado em 15 de setembro. Seu objetivo é homenagear os consumidores e aquecer as vendas em um mês considerado “fraco”, afinal, não conta com datas comemorativas importantes, como Dia das Mães e dos Pais, Dia dos Namorados, Dia das Crianças, Natal ou Black Friday.

O dia é comemorado em todo o Brasil, porém, não é considerado feriado nacional. Apesar disso, vale a pena valorizar a relação entre consumidores e empresas e fortalecer o faturamento do comércio varejista.

Uma boa notícia, além das estatísticas do ano passado, é que, em 2019, o governo brasileiro criou a Semana do Brasil, com a finalidade de estimular o consumo em setembro.

Lembrete: o Dia do Cliente é comemorado no dia 15 de setembro, enquanto o Dia do Consumidor, no dia 15 de março. Esse último foi criado para conscientizar o consumidor sobre seus direitos.

Por que foi criado o Dia do Cliente?

O Dia do Cliente foi criado em 2003, pelo empresário João Carlos Rego. Seu objetivo era homenagear os clientes e aproximá-los de suas marcas preferidas, estimulando a atração de novos consumidores e a fidelização dos antigos.

A criação da data também foi impulsionada pelo fato de que, no mês de setembro, não havia datas comerciais para o varejo oferecer descontos e realizar ações que aumentassem suas vendas. Afinal, setembro está justamente entre agosto, mês do Dia dos Pais, e outubro, do Dia das Crianças.

Outro diferencial da data é a possibilidade de conversar com todos os clientes da marca, e não apenas com alguns segmentos, como acontece em outros períodos, quando o discurso de venda foca em filhos, mães ou pais, por exemplo.
Na prática, significa que a comunicação é ampliada e abre espaço para diversas ações que conquistam o público. Veja algumas delas a seguir!

Leia também: Guia para fazer um controle de vendas eficiente

3 ações para o Dia do Cliente no varejo

Agora que você já sabe por que foi criado o Dia do Cliente, é hora de entender como extrair o máximo de benefícios da data. Afinal, quem não gosta de uma promoção, não é mesmo?

No entanto, é importante que você, varejista, tenha em mente que os descontos podem, sim, ser aplicados, mas não é apenas isso que vai atrair e conquistar seu público.

É preciso ir além da promoção e oferecer uma experiência única para se destacar da concorrência.

Confira, a seguir, 3 ações para o Dia do Cliente no varejo!

1- Faça uma campanha de marketing omnichannel

Tem uma loja física? Não pense que suas ações precisam ficar restritas ao PDV! O mesmo acontece se você vende por meio de um e-commerce: nada de pensar exclusivamente em campanhas on-line.

A verdade é que as ações de marketing não precisam se limitar ao ambiente em que os clientes estão. Pense grande e vá além! Una a comunicação de todos os seus pontos de contato com o consumidor.

Quer ver como isso funciona na prática? Vamos a um exemplo! 

Imagine que o consumidor entre na sua loja física. Com uma campanha omnichannel, ele será estimulado a ganhar descontos caso compre pelo aplicativo ou site. 

Já no e-commerce, você pode criar campanhas que oferecem a possibilidade do cliente comprar e retirar na loja, por exemplo.

Pode até parecer uma dica boba, mas saiba que a marca deve unificar sua comunicação e estimular o cliente a comprar pelo meio em que mais goste. 

Outro ponto importante aqui, por falar em marketing, é: faça o planejamento com antecedência. Campanhas como estas acontecem antes, durante e depois do evento (afinal, incluem ações de “esquenta” e iniciativas de pós-venda) e, por isso, precisam ser bem estruturadas e executadas.

O que inserir no planejamento do Dia do Cliente?

  • o mote central (objetivo ou tema) da campanha e suas metas (aumentar o cadastro de leads em X%; ter recompra de X% dos clientes; vender X% a mais do que no período anterior…);
  • os canais de comunicação e as estratégias para cada um, como newsletter, banner e decoração em lojas, mensagens no WhatsApp, redes sociais etc;
  • o orçamento para a criação e a divulgação de peças;
  • prazos de criação, aprovação e divulgação das campanhas;
  • os descontos que serão aplicados e em quais produtos (avalie as finanças e saiba em quais itens há mais margem de lucro, por exemplo);
  • promoções antecipadas para garantir as vendas durante grande parte do mês;
  • brindes ou descontos especiais para clientes fiéis com foco em estimular a recompra.

Dica de ouro: gere um burburinho antes do dia 15 para estimular cadastros de leads e elevar a atração de novos clientes! Em 2022, por exemplo, a maior parte das inscrições nos e-commerces varejistas aconteceu na semana que antecedeu a data, segundo a pesquisa da All iN trazida no começo deste artigo.

Continue aprendendo: O que é varejo omnichannel e como aplicar no meu negócio?

2- Invista no mobile

Em 2022, segundo o relatório All iN, 62% dos clientes compraram via mobile no Dia do Cliente.

Além disso, as compras on-line aumentaram: em 2021, a modalidade representou 47,3% das vendas e, em 2022, o número subiu para 58,6%.

As estatísticas evidenciam que, mesmo com lojas físicas, é preciso pensar em como impactar o seu cliente com experiências eficientes pelo mobile.

Porém, mesmo com a queda das compras pelo desktop (de 52,7% para 41,4%), tenha em mente que há clientes que seguem preferindo adquirir produtos via notebook ou computador. Então, ainda que você foque nas experiências mobile (feitas via celular), garanta que elas também funcionem em outros dispositivos! 

Exemplos de ações mobile

Invista em campanhas de atração de clientes em redes sociais, aplicativos e sites, como:

  • sorteios e enquetes nas redes sociais;
  • concursos com prêmios;
  • brindes para a compra de determinados produtos;
  • promoções para a primeira compra no site ou no aplicativo;
  • cupons de desconto com prazo de validade;
  • frete grátis;
  • facilidade de parcelamento;
  • descontos gerais no site, como descontos progressivos ou apenas em produtos específicos.

3-Use todo o potencial da sua loja física

Apesar de o e-commerce apresentar crescimento contínuo, não significa que as compras não aconteçam mais nas lojas físicas — muito pelo contrário! Os espaços também atraem um grande público e precisam se preparar para alcançar novos compradores.

Nesse sentido, algumas ações que podem ser feitas são:

  • prepare a decoração da loja com antecedência e crie um ambiente agradável, com uma boa experiência do cliente. Você pode incluir balões, banners, faixas e até espaços instagramáveis;
  • siga a mesma identidade visual da marca;
  • dê brindes especiais para quem comprar presencialmente;
  • pense nas músicas que tocam ao fundo, que devem seguir as preferências do perfil do seu público;
  • use aromas para fixar na mente do cliente o cheiro característico da sua marca.

Gostou de aprender mais sobre ações do Dia do Cliente? Continue acompanhando nosso blog e aprenda muito mais sobre técnicas de vendas varejistas!

Compartilhar Array
Avatar photo
Escrito por:

Tálita Gonçalves

Redatora e analista de conteúdo F360