gráficos em computador
Franquias 11/01/2024

Sistema de gestão para franquias: é melhor que um ERP?

Compartilhar

Um sistema de gestão para franquias é um software criado especialmente para facilitar a administração desse modelo de negócio. Nele, franqueador e franqueado encontram funcionalidades essenciais para o dia a dia, como plano orçamentário, DRE, entre outros.

E por que um software para franquias é mais interessante que um ERP, que geralmente é a solução usada por outras empresas? Um dos principais motivos é que as plataformas para franquias são desenvolvidas para atender pontualmente às necessidades desses negócios.

Quanto a isso, podemos dizer que elas são, praticamente, personalizadas para o mercado franchising, já que contam com funcionalidades que ERPs universais não têm. E considerando as particularidades do gerenciamento de franquias, isso é um diferencial importante, não acha?

Entretanto, é fundamental saber como escolher um bom sistema de gestão para franquias. No caso, é preciso considerar pontos como funcionalidades oferecidas, camadas de segurança, escalabilidade, treinamentos, entre outros.

Quer saber como fazer a escolha certa e quais vantagens um software para franquias pode trazer para o seu dia a dia? Basta seguir a leitura deste artigo!

Como fazer a gestão de uma franquia?

Uma boa gestão de franquia parte do entendimento que essa administração é dividida em duas partes: uma de responsabilidade do franqueador e outra do franqueado. Trabalhando paralelamente em favor da marca, ambos contribuem para seu sucesso e expansão, gerando resultados positivos e crescimento financeiro para os dois lados.

A partir desse entendimento, é preciso considerar ainda que o modelo de franchising tem algumas particularidades que o diferenciam de outras empresas. O franqueador precisa, por exemplo, administrar o negócio para garantir que todas as unidades franqueadas atuem exatamente igual, a fim de não perder a essência da marca.

Explicando de uma maneira mais simples, é como se ele precisasse ter “vários olhos” para conseguir acompanhar de perto tudo o que os franqueados estão fazendo, além dos resultados de suas franquias.  

Já do lado do franqueado, por mais que ele tenha se tornado dono do próprio negócio, é fundamental seguir as regras determinadas pelo franqueador, e isso inclui desde a maneira como os clientes devem ser atendidos, a forma de gerenciar o estoque, entre outras práticas similares.

Considerando isso, e as características que empresas desse formato têm, existem alguns pontos de atenção para gestão de franquias que não podem ser ignorados tanto pelo franqueador quanto pelo franqueado. E os mais importantes são:

  • gestão de estoque;
  • ações de marketing;
  • treinamentos e atualizações;
  • atendimento ao cliente;
  • controle financeiro.

Veja, a seguir, detalhes sobre cada um deles.

5 principais pontos de atenção para a gestão de franquias

Gestão de estoque

É pouco provável que exista um contrato de franquia que permita que uma unidade venda determinados produtos e outras não. Isso porque, a ideia do modelo de franchising é, justamente, que todas as lojas da rede trabalhem igual.

Para garantir o atendimento dessa regra, cabe ao franqueado fazer uma boa gestão de estoque. Significa que é responsabilidade do dono da unidade evitar que faltem itens em sua loja.

Isso porque, se isso acontece, essa franquia vende menos, comprometendo o relacionamento com os consumidores. Sem falar que ainda pode afetar a imagem da marca como um todo.

No que se refere ao franqueador, seu papel é orientar corretamente os franqueados e prestar o suporte necessário para não haver ruptura de estoque nas unidades, que é quando um produto ou serviço não está disponível para o cliente comprar no momento que ele deseja. 

Ações de marketing

O mesmo princípio vale para o marketing de uma franquia. Isto é, geralmente, o franqueado não pode fazer ações e campanhas exclusivas para sua unidade — a exemplo de dar descontos em alguns produtos —, já que todas as lojas da rede precisam seguir o mesmo plano publicitário definido para a marca.

Nesse caso, uma gestão de franquias eficiente é aquela que se atenta a essa questão. Em outras palavras, quando o franqueador acompanha de perto o trabalho de seus franqueados e se certifica de que nenhum está descumprindo essa regra

Treinamentos e atualizações

Lembra que falamos que é responsabilidade do franqueador prestar as devidas orientações? Pois então, isso deve ser feito por meio de um suporte constante, mas também por treinamentos, que são capacitações oferecidas aos franqueados e seus funcionários

Prevista na Lei das Franquias — Lei nº 13.966, de 26 de dezembro de 2019 —, essa prática tem por objetivo preparar adequadamente os donos das unidades e todos os colaboradores contratados por ele, para trabalharem conforme os padrões da marca.

Uma boa gestão de franquias precisa garantir treinamentos adequados, bem como atualizações sempre que necessário, a exemplo de quando algum software utilizado pela rede é trocado.

Dica de leitura: “Como deve ser o relacionamento entre franquias e franqueados?

Atendimento ao cliente

No modelo de negócio franchising, o atendimento ao cliente também precisa ser padronizado. Isso quer dizer que todas as unidades devem atender os consumidores da mesma forma, incluindo linguagem utilizada, postura dos vendedores, uniformes, entre outros pontos.

Aqui, cabe aos franqueadores garantir o direcionamento correto dos franqueados sobre os atendimentos. Somado a isso, ele também deve acompanhar se todas as unidades estão trabalhando da mesma forma.

E assim como comentamos que a gestão de franquias é algo compartilhado, o papel do franqueado, neste caso, é atentar-se para que seus funcionários sigam corretamente as regras de atendimento determinadas pela marca.

Controle financeiro

A gestão financeira para franquias é um dos pontos que requerem mais atenção dos donos das unidades e dos franqueadores. Afinal, sem a administração correta dos valores que entram e saem, não tem como saber se a loja está gerando o faturamento necessário para se manter funcionando.

O gerenciamento financeiro ideal deve contemplar a análise e o acompanhamento de despesas fixas e variáveis, investimentos, empréstimos, fluxo de caixa, e tudo mais que envolve a parte monetária do negócio.

A questão é que fazer tudo isso manualmente demanda tempo e aumenta as chances de erros. Essas falhas, inclusive, podem levar a sérios prejuízos financeiros se não corrigidas a tempo.

Por isso, o mais indicado é utilizar um bom sistema de gestão financeira que centralize todas essas operações e ajude a gerar dados para direcionar as tomadas de decisão.

Dica! Veja, no vídeo abaixo, como funciona o software de gestão financeira da F360!

Como escolher um sistema de gestão para franquias? 7 dicas!

Por falar em sistema de gestão para franquias, para que uma solução como essa realmente facilite a rotina de franqueados e franqueadores, é fundamental saber como escolher a melhor.

Para isso, algumas dicas são:

  1. verifique quais soluções a ferramenta oferece e confirme se essa oferta é compatível com as necessidades de gerenciamento que sua empresa tem;
  2. analise se o sistema tem capacidade de absorver o crescimento do negócio, ou seja, se consegue suportar aumento no volume de vendas, acréscimo de novas unidades franqueadas, entre outros pontos relacionados;
  3. confira quantos usuários podem usar a plataforma para franquias simultaneamente, pois isso também tem a ver com o crescimento da marca;
  4. veja quais camadas de segurança são oferecidas, a exemplo de solução antifraude, além do atendimento à LGPD, Lei Geral de Proteção de Dados;
  5. confirme como é o serviço de suporte do software para franquias, por quais canais e horários você pode fazer contato e os prazos de resposta para as solicitações;
  6. avaliar a facilidade de uso do sistema de gestão para franquias, se conta com dashboard personalizável e se ele pode ser acessado de diferentes tipos de dispositivos;
  7. verifique se a fornecedora do software para franquias oferece treinamentos para utilização da solução, quantos funcionários podem participar, por quais canais podem ser feitos e a duração.
Um sistema de gestão para franquias otimiza a parte financeira e automatiza tarefas diárias.

Por que preferir uma plataforma de franquias a um ERP?

Como comentamos logo na abertura deste artigo, uma plataforma para franquias é mais adequada para esse modelo de negócio do que um ERP. Isso porque é uma solução direcionada para as necessidades gerenciais dessas empresas.

Por mais que muitos ERPs (Enterprise Resource Planning) sejam modulares, e permitam aos gestores adquirirem apenas as partes com as funções que precisam para a companhia, nem sempre eles atendem bem o formato franchising.

Do ponto de vista do franqueador, por exemplo, é fundamental acompanhar de perto o desempenho financeiro das unidades. Para isso, contar com um sistema único que entregue uma visão completa de toda a rede e que ajude na gestão financeira da marca, faz toda a diferença.

Já do lado dos franqueados, é essencial contar com um software que ajude a gerenciar fluxo de caixa, contas a pagar e a receber, para garantir a entrega de dados financeiros corretos ao franqueador.

Por isso, as cinco principais vantagens de um sistema de gestão para franquias, especialmente em comparação a um ERP, são:

  1. acesso a funcionalidades alinhadas às necessidades e características desse modelo de negócio;
  2. automatização de tarefas repetitivas, como emissão de notas fiscais;
  3. escalabilidade e visão completa de todas as unidades;
  4. geração de relatórios com os dados necessários para prestação de contas ao franqueador (para os franqueados);
  5. facilidade para realizar conciliações, como as bancárias e de cartões.

Qual o melhor sistema de gestão para franquias?

O melhor sistema de gestão para franquias disponível do mercado é o oferecido pela F360, plataforma de gestão financeira para lojas e franquias que oferece soluções tanto franqueadores quanto franqueados.

A proposta da F360 é otimizar e automatizar processos, entregando uma visão 360º da franquia e contribuindo para a realização de uma administração financeira muito mais precisa, rápida, simples e prática.

Mais 10 mil varejistas, de todo o Brasil, já utilizam as soluções da F360, e elas estão presentes nas principais redes de varejo, como Cacau Show, O Boticário, Chilli Beans, Havaianas, Arezzo, entre várias outras.

Quais são as soluções da F360?

As soluções oferecidas pela F360 são:

  • F360 Finanças;
  • F360 Painel;
  • F360 Educa; 
  • F360 Emissor.

F360 Finanças

O F360 Finanças é um sistema de gestão financeira multiempresas que conta com os seguintes recursos:

  • conciliação de cartões;
  • fluxo de caixa;
  • contas a pagar e a receber;
  • DRE;
  • conciliação bancária;
  • planejamento orçamentário;
  • integração com PDV e adquirentes;
  • conciliação com vouchers.

F360 Painel

O F360 Painel é uma solução que ajuda os franqueadores a acompanhar e consolidar os resultados financeiros dos franqueados, contribuindo para melhorar a saúde financeira da rede.

Nessa solução, você encontra:

  • criação de clusters;
  • padronização da DRE e DFC;
  • gestão de plano de contas;
  • exportação de dados;
  • suporte estratégico;
  • identificação de novas oportunidades;
  • dashboard personalizável;
  • sistema responsivo.

Entenda um pouco mais sobre essa ferramenta assistindo a este vídeo:

F360 Educa

O F360 Educa é um programa de educação com estrutura multiplataforma que tem por objetivo transformar e fortalecer a gestão financeira dos empreendedores.

Para isso, essa solução oferece:

  • 15 cursos, inclusive gratuitos;
  • emissão de certificados;
  • treinamento presencial ou on-line;
  • plataforma EAD responsiva;
  • consultoria de negócios;
  • conteúdos para diversos públicos;
  • tutores especialistas.

F360 Emissor

O F360 Emissor é um sistema de emissão de nota fiscal simples e seguro que conta com integração automática à Sefaz, Secretaria Estadual da Fazenda.

Com interface intuitiva e integrada ao F360 Finanças, os recursos que você encontra nessa solução são:

  • emissão de notas para produtos;
  • emissão de notas de serviço;
  • gestão multiempresas;
  • armazenamento de notas;
  • download de notas emitidas;
  • sistema responsivo.

Agora que você sabe qual é o melhor sistema de gestão para franquias do mercado, que tal testar essa solução? Converse agora mesmo com um dos consultores da F360 e agende uma demonstração gratuita!

Compartilhar
Avatar photo
Escrito por:

Tálita Gonçalves

Redatora e analista de conteúdo F360