mulher olhando roupas na vitrine de loja
Finanças Gestão 28/05/2024

Como organizar vitrine de loja e vender mais? 7 melhores dicas!

Compartilhar Array

Saber como organizar vitrine de loja de forma eficiente e estratégica é uma ótima maneira de alavancar o seu faturamento. Afinal, ao chamar a atenção das pessoas que passam na frente do seu negócio, de maneira positiva, você abre caminho para fechar várias vendas.

Já dizia o velho ditado: “a primeira impressão é a que fica”. Por isso, se seus produtos não estiverem bem posicionados, as chances de um possível comprador entrar na sua loja diminuem bastante.

Fale por você mesmo. Qual tipo de comércio chama mais a sua atenção: um que expõe as mercadorias sem organização e com um visual que demonstra descaso e desatenção; ou um com tudo em ordem, agradável aos olhos e, muitas vezes, até mesmo divertido? 

Obviamente, a segunda opção é a melhor. Pois saiba que é exatamente assim que as pessoas que veem sua loja pensam.

E tem mais! Adotar boas estratégias de vitrine para franquias no varejo ajuda a destacar seu negócio dos concorrentes, transmitir uma imagem mais profissional e engajar seu público. Juntando tudo isso, o resultado não poderia ser outro: aumento nas vendas.

É esse retorno que quer para a sua loja? Então veja agora sete dicas de organização de vitrine e atraia muito mais clientes! 

Como organizar vitrine e deixar sua loja mais atrativa? 

As melhores sugestões que podemos dar para você organizar corretamente a vitrine de sua franquia são:

  1. conheça bem o perfil do seu público-alvo;
  2. crie experiências diferentes para os clientes;
  3. destaque novidades e produtos em promoção;
  4. facilite o acesso aos preços;
  5. monte um calendário de troca de vitrine;
  6. explore cores, iluminação e use bem o espaço;
  7. relacione a vitrine física e a virtual.

1. Conheça bem o perfil do seu público-alvo

Não há como deixar sua vitrine mais atrativa se você não souber o que seu público espera da sua marca. A partir do conhecimento da sua persona (personagem semifictício que representa o cliente ideal) pense no que as pessoas gostariam de ver na sua loja.

A ideia, portanto, é se colocar no lugar do consumidor, e evitar montar expositores e mostruários considerando apenas o que você acha interessante destacar.

Para exemplificar o impacto negativo que esse comportamento pode causar, falaremos sobre uma das experiências de Camila Farani, empresária de sucesso, ex-Shark Tank e sócia-fundadora da companhia de investimento G2 Capital.

No seu perfil no Instagram, Camila contou que cometeu um erro que lhe custou R$ 280 mil ao criar uma loja com características que atendiam ao seu gosto pessoal, e não ao dos clientes.

Para resolver esse  problema e sair do prejuízo, ela reformulou toda a parte visual do negócio e entregou o que o público esperava daquele segmento (que, no caso, era um restaurante).

Dica de leitura: “Food service: como funciona e quais as tendências?

2. Crie experiências diferentes para os clientes

Analise o comportamento dos consumidores. Percebe como eles mudaram ao longo dos anos? Atualmente, as pessoas estão muito mais “tecnológicas”, por exemplo. Logo, se você inserir na sua vitrine elementos voltados para essas novas posturas e hábitos, as chances de criar algo muito mais atrativo aumentam bastante.

Dependendo do seu ramo de atuação — e do orçamento disponível, é claro — é possível, por exemplo, montar vitrines interativas com telas touch screen, realidade aumentada ou sensores de movimento. 

Outra opção são os espaços imersivos que permitem os clientes participarem ativamente dos cenários montados por meio de recursos visuais, auditivos, olfativos e de toque.

3. Destaque novidades e produtos em promoção

Outra ótima dica de como organizar vitrine para causar impacto positivo nas vendas é destacar o que há de novo na sua loja e o que está em promoção. 

Se logo no primeiro contato a pessoa ver produtos com preços bons, certamente ficará interessada em entrar e aproveitar a oportunidade.

Inclusive, essa é uma das estratégias de vitrine para franquias no varejo que ajudam também a queimar estoque, pois coloca em evidência mercadorias que ficaram paradas.

4. Facilite o acesso aos preços

Porém, para essas técnicas de exposição para aumentar vendas darem certo, você precisa facilitar a visualização dos preços. Para isso, você pode usar recursos simples, como colocar etiquetas com os valores ao lado de cada peça, ou uma tabela na vitrine com o preço correspondente a cada item.

Se quiser usar a tecnologia como aliada, use QR Codes. Assim, os clientes leem o código com seus smartphones e ainda podem acessar outros detalhes sobre os produtos, como cores, tamanhos e formas de uso.

Aproveite e leia também: “Estratégia de precificação: como escolher o melhor modelo de preços?

5. Monte um calendário de troca de vitrine

E não basta saber como organizar vitrine, é preciso também se atentar quando fazer isso. Ao renovar periodicamente os produtos expostos, você mantém o interesse dos clientes pela sua loja. 

Além disso, essa é uma ótima maneira de acompanhar tendências e de explorar boas oportunidades de vendas, como as datas comemorativas.

Para não perder nada, monte um calendário com os eventos mais importantes para o seu ramo de atuação e aplique estas dicas de organização de vitrines em cada um deles.

6. Explore cores, iluminação e use bem o espaço

Existe uma técnica de marketing ótima para o varejo, chamada visual merchandising. Ela se baseia no uso de elementos visuais com o objetivo de influenciar o comportamento do cliente e direcionar sua tomada de decisão.

A ideia é aproveitar bem o espaço para distribuir harmonicamente os produtos, explorar corretamente cores e luzes, deixando o ambiente muito mais agradável e favorável para as compras. 

7. Relacione a vitrine física e a virtual

Trabalha com varejo omnichannel? Então, não deixe de integrar as vitrines física e virtual, e também sua estratégia de marketing digital.

Quando todos os seus canais de vendas falam “a mesma língua” a comunicação com o cliente fica muito mais fácil. Ele sabe exatamente que encontrará em cada uma das suas unidades, e você aumenta as chances de vender tanto presencialmente quanto via internet.

Leia também: “O que é e como manter a boa reputação digital de franquias?

Por que organizar sua vitrine é tão importante?

Após aprender como organizar vitrine de forma eficiente e deixá-la muito mais atrativa, você já deve ter entendido a importância de fazer isso, não é mesmo?

Ao ter esse cuidado, é possível:

  • aumentar o poder de atração da sua loja;
  • fortalecer a imagem da sua marca;
  • estimular compras por impulso;
  • se comunicar melhor com o público-alvo;
  • vender produtos que estavam parados no estoque.

E a soma de todos esses pontos levam ao resultado tão esperado: aumento do faturamento. Porém, para fazer bom uso desse dinheiro, é fundamental gerenciá-lo corretamente. 

Sobre esse assunto, temos um artigo que, certamente, ajudará você. Confira! “Sistema de controle financeiro: por que investir em um agora mesmo?

Compartilhar Array
Avatar photo
Escrito por:

Debora Vasconcellos