Mulher olhando computador
Contabilidade 15/12/2023

Tudo sobre contabilidade 4.0: como aproveitar seus benefícios?

Compartilhar Array

O contador deixou de ser o profissional que apenas organiza os números da empresa para se tornar uma peça fundamental em análises, planejamentos e tomadas de decisão. Tudo isso graças à contabilidade 4.0.

Há muito tempo, a área vem introduzindo soluções e ferramentas inteligentes de gestão. Para você ter uma ideia, em 2007, a Receita Federal brasileira se tornou pioneira na informatização fiscal, criando o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped).

Essa plataforma é um arquivo digital que reúne documentos e informações exigidas pelos Fiscos das unidades federadas e pela Secretaria da Receita Federal do Brasil, bem como registros de pagamento de impostos.

Percebeu que, se você ainda não mergulhou de cabeça nas possibilidades da contabilidade 4.0, está ficando para trás? Com a alta competitividade do mercado, o ideal é se adaptar e usar a tecnologia a favor da alta qualidade do seu trabalho. 

Continue a leitura e veja como fazer isso!

O que é a contabilidade 4.0?

A contabilidade 4.0 diz respeito a um novo momento vivido pelo setor, com a introdução de tecnologias inteligentes que promovem automação de tarefas simples e repetitivas e integração de um elevado volume de dados a fim de gerar relatórios completos para facilitar e alimentar análises.

O termo é proveniente da chamada Indústria 4.0 ou Quarta Revolução Digital, que inclui tecnologias de ponta, como inteligência artificial, Big Data, machine learning e Internet das Coisas.

Logo, processos manuais, repetitivos e rotineiros perdem espaço para tarefas que são realizadas de forma automática e digital, como apuração de impostos, elaboração de escrituração, recebimento de documentos fiscais e criação de relatórios e demonstrações.

Como funciona a contabilidade 4.0?

Agora que você já sabe o que é a contabilidade 4.0, pode imaginar como funciona na prática: com o uso de sistemas de gestão integrados a outras ferramentas contábeis-financeiras.

De forma prática, o funcionamento da área contábil continua quase igual. 

O que muda é que os cálculos, os registros das movimentações financeiras e a administração do patrimônio empresarial passam a ser feitos por meio de softwares que processam dados complexos, e não mais com documentos impressos e processos manuais.

A partir desse avanço, o contador — seja ele de uma empresa ou autônomo — ganha mais tempo para focar em análises, participando diretamente das tomadas de decisões.

Quais as vantagens da contabilidade 4.0?

A adoção da contabilidade 4.0 oferece muitos benefícios ao contador e aos negócios, tais como:

  • evita erros no registro de dados e informações a partir da integração com outros sistemas e ferramentas;
  • aumenta a produtividade com a automação de tarefas, permitindo investir mais tempo em análises e planejamentos;
  • confere mais rapidez aos processos;
  • reduz custos;
  • melhora a qualidade do trabalho;
  • possibilita a tomada de decisões orientada por dados, tornando-a mais assertiva;
  • viabiliza o cumprimento adequado dos prazos;
  • aumenta a segurança do armazenamento de dados, afinal, sistemas de alta qualidade são em nuvem, protegidos por criptografia;
  • permite a criação de relatórios completos de forma simples e ágil.

Leia mais: Relatórios gerenciais: por que são importantes na tomada de decisão?

Principais características da contabilidade 4.0

Para entender como funciona a contabilidade 4.0, é importante conhecer suas principais características, que são associadas aos recursos tecnológicos disponíveis para contadores autônomos e corporativos.

Veja a lista completa a seguir! 

Segurança e armazenamento em nuvem

Com a proteção da criptografia, os sistemas de gestão, como os oferecidos pela F360, são armazenados em nuvem

Na prática, significa que os dados não ficam salvos em apenas uma máquina, podendo ser acessados de qualquer lugar e a qualquer hora e compartilhados com clientes. Para tanto, basta ter acesso à internet.

Assinatura digital

Sabe aquela demora para o cliente assinar documentos importantes? Com a contabilidade 4.0, o problema não existe mais! 

Agora, as assinaturas podem ser realizadas digitalmente, com toda a segurança de códigos de verificação.

Inteligência Artificial (IA)

A inteligência artificial, que simula a inteligência humana, é usada em sistemas contábeis modernos para gerar relatórios, organizar dados integrados, calcular tributos, fazer auditorias e muito mais.

Além disso, citamos aqui mais uma particularidade: a hiperconectividade. Clientes, parceiros e contadores podem acessar os mesmos dados, de qualquer lugar, e, assim, otimizar processos e acelerar o envio de documentos e a realização de demonstrações contábeis.

Qual o futuro da contabilidade e como se preparar para o novo cenário?

Diante do que falamos até aqui, podemos afirmar que a informatização dos processos de contabilidade é inevitável e, por isso, quem não se adaptar à mudança vai ficar para trás.

Um dos motivos para a existência da demanda diz respeito às tendências de comportamento do consumidor e dos parceiros, que se tornam cada vez mais exigentes.  

Além disso, há a necessidade de usar sistemas on-line de órgãos reguladores e fiscalizadores para enviar e emitir documentos — uma tarefa essencialmente prática, mas que evidencia a relevância da informatização.

Em resumo, nesse cenário, o contador precisa ficar por dentro das inovações tecnológicas em seu setor e obter o máximo de conhecimento possível sobre sistemas e ferramentas. 

Além disso, o profissional deve focar em sua capacidade de gerenciamento, análise e planejamento. Afinal, os cálculos são feitos automaticamente, mas é preciso uma pessoa para interpretá-los e trazê-los à realidade da empresa e do mercado.

Não é à toa que a Resolução nº 10/2004, do Ministério da Educação, determina que os cursos de Ciências Contábeis devem oferecer condições específicas para o futuro profissional no âmbito das novas tecnologias, tais como:

  • “compreender as questões científicas, técnicas, sociais, econômicas e financeiras, em âmbito nacional e internacional e nos diferentes modelos de organização;
  • apresentar pleno domínio das responsabilidades funcionais envolvendo apurações, auditorias, perícias, arbitragens, noções de atividades atuariais e de quantificações de informações financeiras, patrimoniais e governamentais, com a plena utilização de inovações tecnológicas;
  • revelar capacidade crítico-analítica de avaliação, quanto às implicações organizacionais com o advento da tecnologia da informação”.

Como adotar a contabilidade 4.0 na sua rotina de trabalho?

Para dar o primeiro passo e se tornar um contador de alta performance com o apoio da tecnologia, indicamos testar os sistemas de gestão da F360 e entender, na prática, como são fundamentais para uma correta administração do patrimônio empresarial.

Se você for contador autônomo, há ainda mais uma vantagem em conhecer as ferramentas: com a automação de processos e o consequente aumento da produtividade, é possível atender mais clientes com qualidade e eficiência.

Aproveite para conhecer um guia completo de contabilidade para franquias!

Compartilhar Array
Avatar photo
Escrito por:

Carolina Ferrari

Gerente de marketing da F360